Semana no esporte

PARA CIMA
A magnífica vitória colorada diante do Sport, em Recife, tem a cara dos times de Chaco Coudet. Marcou muitos gols – cinco no total – e levou três. Mas, o que mais agradou foi a primeira etapa, quando o time gaúcho marcou a saída de bola do Sport. Patrick voltou a jogar muito bem e ser um dos destaques do time.

REFORÇOS
A boa notícia da partida em Recife também refere-se à boa estréia do centroavante Yuri Alberto, que mostrou ser um jogador diferenciado, de movimentação e posicionamento. Que no pouco tempo que esteve em campo, marcou até gol. E também teve a volta de Rodrigo Dourado, volante que esteve mais de um ano longe dos gramados.

SEGUE O LÍDER
Apesar dos pesares, o Colorado está na ponta de cima da tabela de classificação passadas 16 rodadas e disputa o título do Campeonato Brasileiro sim, junto com Atlético Mineiro e o Flamengo, que parece ter engrenado. Caso não ocorram surpresas e o time mantenha este espírito e o modo de jogar, dá para sonhar com algo maior na competição sim. Embora a Copa do Brasil e a Libertadores possam atrapalhar.

DECOLOU!
O avião gremista será que decolou? Com a vitória de 3×1 sobre o Botafogo, parece que a profecia do técnico Renato mais uma vez está se cumprindo. Enfim, o time decolou no Campeonato Brasileiro. Ao menos, consegue respirar e abriu uns pontos em relação à relação dos últimos colocados da competição, zona que estava perigosamente ocupando com o mau desempenho nesta reta inicial.

BOA NOTÍCIA
A boa notícia é que o jovem Pepê parece estar cada vez mais adaptado à titularidade e, passados poucos dias depois da partida de Everton Cebolinha, a torcida tricolor não está nenhum pouco com saudades do jogador da Seleção. Afinal, alguns dizem que Pepê até parece ser mais completo do que Cebolinha. É o que parece, tanto é que já tem time estrangeiro de olho.

PÉ DIREITO
A Seleção Brasileira largou com o pé direito nas eliminatórias da Copa do Mundo do Catar com duas vitórias. A última, diante do Peru, reeditando a final da Copa América, foi muito difícil. Isso porque o Brasil largou atrás e teve que buscar. Aliás, Neymar talvez tenha feito uma das melhores atuações pelo selecionado. Os gols que ele marcou pela Seleção de Tite garantiram a marca histórica de ser o segundo maior goleador do país pela amarelinha, atrás apenas de Pelé.

Uma boa semana a todos!

Fechar Menu