Publicado em

Candidato ao Enem tem até domingo para pedir a isenção da taxa

Termina neste domingo, dia 15, o prazo para os candidatos ao Enem – Exame Nacional do Ensino Médio, pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano. Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa é feito antes do período de inscrição. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril. A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.

isenção
Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública
Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio
Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, e que esteja inscrito no CadÚnico- Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
Quem fez o Encceja – Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos do ano passado, que tenha atingido a nota mínima.

Como pedir
a isenção
Para pedir a isenção, o candidato deve acessar a página do Participante do Enem e inserir seu CPF e data de nascimento. Em seguida, aparecerá uma explicação sobre as situações que garantem a isenção, para o candidato verificar se ele se enquadra em alguma delas. Na próxima página, são pedidos outros dados pessoais, como nome da mãe e endereço. Depois disso, o sistema questiona o candidato sobre os dados necessários para ver se ele se encaixa nas situações de isenção, como o tipo de escola que frequenta ou frequentou e o NIS – Número de Identificação Social, que comprova a inscrição no CadÚnico.
No processo de inscrição também são apresentadas algumas questões sobre a situação socioeconômica da família, que servirão para subsidiar estatísticas sobre a educação. O candidato deve informar também seus dados de contato como telefone e e-mail. Em seguida, deverá criar uma senha, que será usada também para fazer a inscrição no Enem.
Por último, aparecerá uma tela com o resumo das informações, para serem conferidos pelos candidatos. Depois de concluir a solicitação, não será possível alterar os dados ou incluir documento para justificar a ausência no Enem 2017.

Justificativa
Para os candidatos que tiveram a isenção da taxa de inscrição no ano passado e faltaram aos dois dias de prova, o sistema automaticamente abrirá uma opção para justificar a ausência. O candidato terá que informar a causa da ausência e fazer o upload dos documentos que comprovem o motivo da falta, se quiser manter o benefício da isenção da taxa de inscrição. Podem ser apresentadas como justificativas acidente de trânsito, assalto, casamento, morte na família, acompanhamento de cônjuge, problemas de saúde, maternidade e paternidade e trabalho no dia das provas. Não serão aceitos documentos autodeclaratórios emitidos pelo próprio participante, pais ou responsáveis.

30 minutos a mais
Neste ano, os candidatos que participarão do Enem terão 30 minutos a mais para fazer a prova que reúne conteúdos de ciências da natureza e matemática.
Assim como em 2017, neste ano as provas do Enem serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura da prova também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e ciências humanas, com duração de cinco horas e meia, e no segundo dia, as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano. A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

nota do Enem
Se você estiver pensando em fazer uma faculdade para turbinar a carreira, uma palavrinha deve entrar a partir de agora no seu radar: Enem.
Criado para avaliar a qualidade da educação brasileira, o Enem acabou virando a principal porta de entrada para o ensino superior no País . Além disso, a nota do Exame vem sendo usada como critério em uma série de programas do Governo Federal de democratização de acesso a universidades públicas e privadas.

SISU
É possível conquistar uma vaga na universidade pública sem precisar fazer o temido vestibular. Basta participar do Sisu – Sistema de Seleção Unificada, uma iniciativa do Governo Federal que usa exclusivamente a nota do Enem para classificar candidatos a uma vaga em instituições públicas de ensino superior de todo o País.

ProUni
Logo depois do processo seletivo do Sisu, abrem as inscrições para o Programa Universidade para Todos, o ProUni. Essa é mais uma iniciativa do Governo Federal que utiliza a nota do Enem como critério de seleção. A diferença é que o ProUni oferece bolsas de estudo parciais e integrais em faculdades privadas. Quanto maior sua nota do Enem, maiores as chances de conseguir uma bolsa do ProUni.

FIES
Em 2015, o programa de financiamento estudantil a juros baixos do Governo Federal, o FIES, passou a exigir que os candidatos apresentam a nota do Enem de qualquer edição a partir de 2010, desde que tenham alcançado pelo menos 450 pontos na média geral das provas e nota maior do que zero na redação.
O FIES também exige renda familiar bruta mensal de no máximo dois salários mínimos e meio por pessoa. O estudante que recebe o FIES só precisa começar a pagar a dívida um ano e meio depois de se formar e o prazo é de três vezes a duração do curso financiado.

Publicado em

Escolinha enfrenta o Esmeralda pela LIF 2018

A Escolinha Herveiras enfrenta neste sábado, dia 21, a Escolinha Esmeralda de Santa Cruz do Sul pela LIF – Liga Integração de Futsal, competição regional de escolinhas de futsal. A competição conta com sete equipes. Além de Herveiras e Esmeralda, estão na disputa Flamengo de Santa Cruz, CESF Sinimbu, Korpus Candelária, APEF Paraíso do Sul,CFA Venâncio Aires.

Os jogos no sábado ocorrem no ginásio da escola Emílio Alves Nunes, a partir das 8h30, em cinco categorias, sub-8, sub-98 , sub-11, sub-13 e sub-15. Conforme os treinadores, a Escolinha Herveiras iniciou os treinamentos em março e ainda não está no seu melhor estágio, mas a participação e apoio dos pais e comunidades será importante.

Publicado em

Campeonato de Vôlei teve início na quarta

Na última quarta-feira, dia 18, teve o início o primeiro Campeonato de Vôlei promovido pela Liga Sinimbuense de Esportes. A competição conta com seis equipes e é disputado no ginásio Municipal de Sinimbu. As equipes participantes são: Sindicato, São João, Unidos pelo Vôlei, Juventude de Rio Pequeno, Rio Pardinho e Cesf. Segundo o presidente, Leonardo Gressler, a competição poderá retomar a prática do vôlei em Sinimbu. “Estamos felizes que conseguimos juntar seis equipes para participar. Já fazia algum tempo que não havia campeonato de vôlei em Sinimbu, agora conseguimos fazer esta edição”, disse.

Na primeira rodada, o Sindicato venceu o São João por 2 sets a 0. A equipe do Unidos pelo Vôlei venceu a Juventude de Rio Pequeno por 2 sets a 0 e para finalizar a noite o Rio Pardinho venceu o Cesf por 2 sets a 0. A próxima rodada acontece na noite de quarta-feira, dia 25. Jogam Juventude RP e Cesf, São João e Rio Pardinho, Sindicato e Unidos do Volei.

Publicado em

Idoso foi vítima de agressão e assalto ontem em Rio Pardinho

Na manhã de ontem, dia 18 de abril, cinco criminosos atacaram uma ferraria localizada na entrada de Linha Molz, em Rio Pardinho, interior de Santa Cruz do Sul. Os homens chegaram ao local em uma Chevrolet Zafira azul clara e renderam um idoso, de 74 anos. Segundo informações divulgadas pela Brigada Militar, os bandidos teriam chegado ao local por volta das 8 horas da manhã e estavam com os rostos descobertos. Quatro criminosos estavam armados enquanto o outro aguardou no veículo, eles renderam o proprietário da ferraria dentro de um galpão e, enquanto três amarravam o idoso, o outro procurou pelo dinheiro.

O proprietário foi algemado e amarrado a um arado, os criminosos removeram a dentadura do senhor e cobriram com fita a boca e o pescoço da vítima. Após o roubo, os assaltantes fugiram do local com R$ 2,3 mil e seis botijões de gás. O idoso, conseguiu tirar a fita da boca e começou a gritar por ajuda. Um vizinho o encontrou e chamou a Brigada Militar. Aos policiais, ele relatou que estava sozinho no local na hora em que os criminosos chegaram e que acredita que os bandidos não são moradores da localidade.
A vítima, que preferiu não se identificar, ficou com arranhões nos braços e dores no corpo e foi levado à Delegacia de Polícia para registrar o caso. A BM segue realizando buscas na região.

Publicado em

Município e Efasc renovam parceria

A prefeita de Sinimbu, Sandra Backes, recebeu na tarde de ontem, dia 17, os representantes da Efasc – Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul: tesoureiro da Agefa – Associação Gaúcha Pró-Escolas Famílias Agrícolas -, Marcio Manske, monitor/secretario executivo da Agefa, Adair Pozzebon, e o monitor João Paulo Reis Costa. O motivo da visita foi a assinatura do termo de fomento, renovando a parceria do município com a entidade. Além dos representantes da escola, alunos e familiares de alunos também se fizeram presente e acompanharam a assinatura da documentação.

Durante a renovação da parceria entre o município e a instituição de ensino, a prefeita Sandra elogiou a presença dos alunos e seus familiares. Sandra também frisou a importância da Efasc para os alunos do meio rural do município. “Precisamos incentivar os jovens para que permaneçam no interior, na agricultura. Essa parceria com a Efasc é muito positiva, mas precisamos ir além. É preciso acompanhar o jovem após sua formatura na escola para que continue em Sinimbu, trabalhando por sua comunidade e localidade, pelo nosso município”, destacou.

Os representantes da Efasc também salientaram a importância da parceria entre o Poder Público e a instituição de ensino, afirmando que ela é fundamental para os jovens. Também destacaram que atualmente Sinimbu conta com 15 alunos na Efasc e é o terceiro entre os municípios da região, com maior número de alunos estudando ou que já passaram pela escola.

O secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Carlos Backes Filho, e o secretário de Agricultura, Wilson Molz, acompanharam a reunião e também enalteceram a parceria com a Efasc. Ambos elogiaram a persistência dos estudantes e concordaram com a prefeita e os representantes da escola, afirmando que os jovens precisam de incentivo após a formação escolar, para dessa forma permanecer no campo.

Publicado em

Vacinação da gripe começa na segunda

O município de Sinimbu, através da Secretaria de Saúde e Bem Estar Social, dará início na próxima segunda-feira, dia 23, a campanha de vacinação contra a gripe. A vacinação contra a Influenza acontece em todo o país e segue até o dia 1º de junho.O Dia D da campanha será no dia 12 de maio, um sábado. Na datam todos os Postos de Saúde do município de Sinimbu estarão abertos para atender o público alvo que não consegue se vacinar durante a semana.

Conforme a secretária de Saúde de Sinimbu, Sinara Dhiel, as famílias que possuem alguma pessoa acama e que precisa receber a vacina, deve entrar em contato com a Secretaria. “Pedimos para que nos repassem o nome e endereço dessas pessoas, caso elas ainda não estejam recebendo essa visita para a vacinação da gripe. Iremos montar uma equipe e um cronograma para atender essas pessoas acamadas em suas residências”, detalha.

Devem se vacinar contra a gripe todas as crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias de idade; gestantes, puérperas (mulheres que tiveram bebê até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores; idosos; indígenas; funcionários do sistema prisional e doentes crônicos, de acordo com uma lista de doenças pré-estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

Vale lembrar que no caso dos doentes crônicos, estes deverão trazer uma receita médica com o CID da sua doença. Somente assim poderão receber a vacina.

Doenças crônicas com indicação da vacina
Influenza Sazonal
– Doença Respiratória Crônica: Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave); DPOC; Bronquiectasia; Fibrose Cística; Doenças Intersticiais do pulmão; Displasia broncopulmonar; Hipertensão arterial Pulmonar; Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.
– Doença Cardíaca Crônica: Doença cardíaca congênita; Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade; Doença cardíaca isquêmica; Insuficiência cardíaca.
– Doença Renal Crônica: Doença renal nos estágios 3,4 e 5; Síndrome nefrótica; paciente em diálise.
– Doença Hepática Crônica: Atresia biliar; Hepatites crônicas; Cirrose.
– Diabetes: Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.
– Doença Neurológica Crônica: Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica; considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; Deficiência neurológica grave.
– Imunossupressão: Imunodeficiência congênita ou adquirida; Imunossupressão por doenças ou medicamentos OBESOS: Obesidade grau III.
– Transplantados: Órgãos sólidos; Medula óssea.
– Portadores De Trissomias: Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Sídrome de Wakany, dentre outras trissomias.

Publicado em

Prefeito ganha pena no regime semiaberto

 

Condenado a três anos de detenção, seis anos e cinco meses de reclusão e 350 dias-multa, o prefeito de Herveiras, Paulo Nardeli Grassel (MDB), terá que cumprir a pena em regime semiaberto. O Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS) acolheu, por maioria, na última sexta-feira, dia 13, o embargo infringente encaminhado pelo advogado de defesa, Genaro José Baroni Borges, revertendo a decisão anterior que determinava o cumprimento da sentença em regime inicial fechado.

Grassel foi condenado em novembro de 2015, na 1ª Vara Criminal de Santa Cruz do Sul, por envolvimento em supostas irregularidades na realização de um concurso público do Município, entre novembro de 2006 e março de 2007. Em dezembro do ano passado, ele também foi condenado na ação civil referente ao processo, no julgamento na 1ª Vara Cível de Santa Cruz do Sul. Neste processo, por ato de improbidade administrativa, com a suspensão dos direitos políticos por oito anos. No entanto, a defesa entrou com recurso, sem data ainda de julgamento.

A Operação Gabarito foi deflagrada pela Promotoria de Justiça Especializada Criminal de Porto Alegre, sobre um suposto esquema organizado por um grupo de empresas sediadas no interior do Estado, cujo objetivo era fraudar licitações destinadas à realização de concursos para provimento de cargos públicos. Segundo as investigações, Grassel teria feito parte do esquema.

Em razão das divergências entre os desembargadores que julgaram o recurso de Paulo Grassel, a assessoria jurídica do Prefeito inicialmente entrou com pedido de embargos declaratórios e, depois, com embargos infringentes para que fosse reexaminada a questão das divergências em relação ao regime inicial de cumprimento da pena de reclusão. O recurso é cabível contra acórdão não unânime proferido em apelação ou ação rescisória, dirigido ao próprio tribunal que pronunciou a decisão impugnada.

A execução penal depende do retorno do processo para o Fórum de Santa Cruz do Sul. Com a definição sobre o cumprimento da pena, resta agora ser definido se será com o uso de tornozeleira eletrônica ou com o recolhimento à noite e nos fins de semana em presídio, bem como a permanência ou não no cargo de Prefeito de Herveiras.

Publicado em

Prefeitura de Sinimbu vai em busca de financiamento via Banco do Brasil

Na manhã de ontem, dia 19, estiveram reunidos junto ao gabinete, a prefeita de Sinimbu, Sandra Backes; os secretários municipais de Administração, Finanças e Planejamento, Carlos Backes Filho; e da Agricultura, Wilson Molz; o gerente geral em exercício da agência do Banco do Brasil de Sinimbu, Davi Cândido; e a gerente de relacionamento da plataforma de negócios, Silvia dos Santos. O assunto que norteou os debates foi à intenção do município em renovar e ampliar o seu parque de máquinas.
A gerente de relacionamento da plataforma de negócios do Banco do Brasil salientou que o município de Sinimbu, em consulta prévia a instituição bancária, teve a confirmação de capacidade de investimento em torno de R$ 1,5 milhões para uma operação de crédito visando a aquisição de máquinas. Em seu comentário, Silvia disse ainda que a maioria dos municípios da região está aderindo a linhas de crédito.

O próximo passo agora será o de enviar à Câmara de Vereadores um Projeto de Lei solicitando tal autorização. Segundo a Prefeita Sandra, há uma dificuldade em atender a necessidade da população tanto na conservação de estradas, como também melhorar e garantir os acessos às propriedades. “Vamos em busca de alternativas para melhorar as condições de atendimento a nossa população, queremos investir. As necessidades maiores do município são em duas retroescavadeiras, patrola e um britador móvel”, comenta a prefeita.

Levando em conta a atual crise conjuntural e em especial financeira do País, o que ocasionou uma drástica redução dos recursos dos municípios como um todo, que antes eram irrigados com valores e benefícios pelo governo federal (como maquinas através do PAC, por exemplo), os municípios tem discutido a melhor forma de obter recursos para dar vazão as demandas. Este tema inclusive foi discutido em âmbito de AMVARP, e ficou alinhado que a adesão a linhas de créditos de instituições financeiras reconhecidas, é alternativa para investir e renovar o maquinário para melhor atender aos munícipes, em um período de recessão e escassez de recursos em vista do ajuste fiscal.

Publicado em

Encontro Terceira Idade é na próxima quinta

O salão da Comunidade Evangélica de Linha Cinco sedia na próxima semana, dia 26, o 24º Encontro da Terceira Idade. O evento contará com variada programação e está sendo organizado pelo Cras – Centro de Referência em Assistência Social – de Sinimbu, em parceria com a Paróquia Evangélica de Ferraz.
A programação será variada. Conforme o pastor da Comunidade, Carlos Wendland, o início está marcado para às 10h, com abertura oficial e pronunciamento de autoridades, seguida de uma celebração religiosa. Após, ao meio-dia, haverá almoço festivo seguido de bingo.

Às 14h, a programação contará com a tradicional reunião dançante. A animação ficará a cargo da banda Acordes de Ouro. Para completar a programação, a partir das 16h30 será servido o café. Conforme Carlos e a coordenadora do Cras de Sinimbu, Patrícia Knod, o evento já é tradicional no município e toda comunidade está convidada para participar.

ÔNIBUS
Dois roteiros de ônibus serão disponibilizados para o evento, para garantir a presença da comunidade local e regional. O primeiro deles sairá às 8h30 da rodoviária de Sinimbu, seguindo até o Salão Regert, em Sinimbu Baixo, retornando até Linha São João no Struecker, voltando para o centro de Sinimbu, passando pelo Cras, Linha Primavera, Linha da Serra até o local. Outro itinerário sairá às 8h45 do Mano, no Pinhal, passando pela estrada velha até o local. O retorno está previsto para às 17h.

Publicado em

Campanha terá mais prêmios na 2ª edição

Depois da avaliação da 1ª edição da campanha Valorize Sinimbu, Peça Nota, realizada no ano passado, a Administração Municipal já está trabalhando na 2ª edição. Este ano, a campanha deve se repetir, porém com mais prêmios para os consumidores locais e produtores rurais do município.

Conforme o secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Carlos Backes Filho, a campanha do ano passado atingiu os seus objetivos. “Foram distribuídos mais de 5 mil cautelas para produtores rurais e mais de 11 mil para consumidores locais. Para este ano, o objetivo é aumentar a premiação, ou seja, serão 12 prêmios para os consumidores que trocam as notas fiscais de consumo. Com relação ao sorteio das horas máquinas, que no ano passado contemplou 20 produtores, este ano deve ocorrer novamente em duas etapas, contemplando no total 30 produtores que possuem bloco com cadastro em Sinimbu”, detalha.

Segundo Carlos, esse aumento na premiação é significativo. “Com certeza, irá refletir, mais uma vez, de maneira positiva, durante a campanha”, completa. Agora, a Administração Municipal irá procurar as entidades parceiras – Cacis, Posto de Saúde central, escola Frederico Kops e Hospital Sinimbu – e convidá-las para auxiliar novamente na distribuição das cautelas, bem como enviar à Câmara de Vereadores, um Projeto de Lei solicitando autorização para desenvolver a nova edição da campanha.

Nota Fiscal
GaúchaA Administração Municipal está estudando também a possibilidade de adesão ao NFG – Nota Fiscal Gaúcha, para sorteios exclusivos para a comunidade sinimbuense. O município precisa aderir a plataforma de sorteios mensais e disponibilizar os recursos para beneficiar os consumidores cadastrados no programa e que inserem seu CPF na nota fiscal na hora da compra. A intenção do município é colocar, mensalmente durante 12 meses, a disposição dos consumidores, valores próximos a R$ 500.